Sustentabilidade

Educação para a sustentabilidade

Especial Meio Ambiente – Engajamento estudantil para o consumo consciente

Estudantes de escola pública visitam a sede da Eletropaulo e entrevistam os colaboradores sobre hábitos de economia de energia e água

A+ A-

Em 7 de junho, recebemos na sede de Barueri a visita especial de alunos e alunas de escola pública que participam do projeto Eletropaulo nas Escolas, em comemoração à semana do Meio Ambiente. 

Para essa visita, foi selecionada uma escola do município de Osasco/SP, a EMEF Maestro Domingos Blasco, que está bastante engajada nos desafios propostos pelo projeto. Os estudantes que participaram do encontro fazem parte do Núcleo de Ação para a Eficiência Energética (NAEE), e atuam como multiplicadores dos temas da eficiência energética e do consumo consciente de recursos naturais na escola.

As crianças percorreram diversas áreas da Eletropaulo para entrevistar os colaboradores a respeito dos hábitos de consumo de água e energia tanto na empresa quanto nas suas residências. A ação, chamada de ‘Caça-desperdício’, é a principal atividade do projeto nas escolas e rende muita troca de informações, conhecimentos e gera novas ideias para as campanhas de utilidade pública, divulgadas para toda a comunidade escolar e para os moradores do entorno. Após as entrevistas, os estudantes apresentaram no auditório da empresa uma sugestão de campanha de utilidade pública, que compreende cartazes, vídeos e GIFs. 

Por fim, os integrantes do NAEE, junto com as suas professoras e a equipe da Eletropaulo, visitaram o Centro de Operação de Distribuição da companhia. Lá, puderam entender um pouco melhor como funciona o sistema de operações da Eletropaulo em toda a área de concessão. Se deslumbraram com o tamanho do COD, com os gráficos iluminados e o volume de computadores. 

Aluna do 5º ano da escola, Ana Júlia Soares, de 10 anos, está animada com a participação no NAEE no projeto deste ano. “Já descobri muitas coisas com o projeto e que vão ajudar a minha escola a economizar água e energia”.

Eliane Aparecida Roberti, professora da escola e que também acompanhou a visita, está mobilizando seus alunos e alunas a escrever uma carta coletiva à prefeitura para solicitar o consumo de água e energia da escola. “Com esses dados em mãos, conseguimos fazer um comparativo de consumo e o quanto conseguimos economizar de recursos por meio das ações do projeto”. A educadora complementa “Ficamos muito contentes por termos sido selecionados para participar dessa visita à Eletropaulo. Ficamos lisonjeados, os alunos estão adorando a experiência”. 

Neste ano, cerca de 2.100 professores foram capacitados, sendo 600 no modelo presencial e 1.500 no digital. A expectativa é que 200 mil estudantes sejam envolvidos diretamente nas atividades do projeto, que promove o consumo consciente e a redução do desperdício de energia elétrica e água nas escolas e nas residências dos estudantes.  

Desde 2009, o Eletropaulo nas Escolas é realizado com recursos do programa de Eficiência Energética da ANEEL. Em oito anos, já atingiu mais de 1,9 milhão de estudantes e professores de 2.600 escolas públicas do estado de São Paulo. A iniciativa está alinhada com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 - Educação de Qualidade, que integra a Agenda 2030 da ONU, com a qual estamos comprometidos.

Notícias relacionadas

Educação para a sustentabilidade

Consumo consciente em pauta

Projetos da Eletropaulo alertam a população para o uso e descarte racional de recursos

Educação para a sustentabilidade

A energia da juventude em tempos de eleição

Participantes do projeto Eletropaulo nas Escolas escrevem cartas aos senadores federais pedindo m...

Educação para a sustentabilidade

Eletropaulo nas Escolas também no modelo digital

Novo formato permite a formação de 1500 professores para o desenvolvimento do projeto à distância

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.